Tenista Maria Sharapova é pega em exame antidoping

A tenista Maria Sharapova, uma das maiores do mundo, anunciou que foi pega em um exame antidoping, realizado durante o Australia Open, em janeiro.

Ela utilizou Meldonium, uma substância presente em alguns remédios contra diabetes e deficiência de magnésio. Essa substância era permitida até 2015, porém esse ano foi vetada, após a Federação alegar que a mesma poderia aumentar a performance dos atletas.

A russa disse que não sabia da proibição, mas mesmo assim, a Federação Internacional de Tênis a suspendeu preventivamente.

Confira o pronunciamento de Maria Sharapova sobre o caso:

Jennifer Capriati, ex-número 1 do mundo, criticou a russa em seu Twitter:

“Estou extremamente brava e desapontada. Tive que perder minha carreira e nunca optei por trapacear, independentemente do motivo. Tive que jogar a toalha e sofrer. Não tinha uma equipe médica cara para achar um jeito de trapacear e burlar o sistema e esperar a ciência solucionar. Acho que isso está longe do esporte e do trabalho duro. É difícil ser chutado quando se está por baixo, quando se está lesionado e fica fora”.

E complementou:

“Qual o sentido de tomar um remédio que ajuda seu coração a se recuperar mais rápido a não ser que você tenha uma doença cardíaca? É necessário? Talvez eu deva começar a tomá-lo. Pode me fazer sentir melhor. Se esse remédio me ajudasse a voltar, todos estariam de acordo para eu tomar?”