Jogando em Paris, Brasil vence a França de virada

De volta ao Stade de France. palco da final da Copa do Mundo de 1998, o Brasil fez bonito contra a França e venceu o amistoso por 3 a 1.

Ainda no início da partida, aos 20 minutos o zagueiro francês Varane abriu o placar para os donos da casa após marcar belo gol de cabeça. A partir daí, muito equilíbrio na partida, com a seleção brasileira conseguindo construir algumas boas jogadas.

Quando parecia que a França iria para o intervalo na vantagem, Oscar igualou o placar. No segundo tempo, Neymar aos 12,e Luiz Gustavo aos 23 garantiram a vitória de virada do Brasil.

Ao final da partida, quando perguntado se teria como meta ser o maior artilheiro da história da seleção, Neymar declarou:

– Já falei em todas as entrevistas, em todos os jogos. Minha meta não é passar ninguém. Minha meta é ajudar meus companheiros, com passe ou com gol. E fico muito feliz de estar marcando e ajudando.

Já o técnico Dunga valorizou a vitória sobre uma seleção de tradição, como a França:

– Era um jogo, nós tínhamos de ganhar, sempre é difícil jogar contra a França. Futebol se ganha e se perde. Sempre é bom ganhar de um adversário forte. Sem dúvida nenhuma. Era um jogo superdifícil. Pela França e porque há três meses não estávamos juntos. Tivemos um dia de treinamento.

Ficha Técnica – França 1×3 Brasil

França: Mandanda; Sagna, Varane, Sakho e Evra; Sissoko (Kondogbia), Schneiderlin e Matuidi (Giroud); Valbuena (Payet), Benzema e Griezmann (Fekir). Técnico: Didier Deschamps.

Brasil: Jefferson; Danilo, Thiago Silva, Miranda e Filipe Luís; Luiz Gustavo (Fernandinho), Elias (Marcelo), Oscar (Souza) e Willian (Douglas Costa); Neymar e Roberto Firmino (Luiz Adriano). Técnico: Dunga.

Gols: França: Varane, aos 20 minutos do primeiro tempo; Brasil: Oscar, aos 39 minutos do primeiro tempo, Neymar, aos 12, e Luiz Gustavo, aos 23 do segundo.

Local: Stade de France, em Saint-Denis (Paris, França)