São Paulo goleia time uruguaio no Morumbi

O São Paulo entrou em campo na noite desta quarta-feira com o compromisso de apresentar um bom futebol para os seus torcedores, que estavam com receio após a derrota para o rival Corinthians, pela estreia da Copa Libertadores da América.

Logo no início da partida, Alexandre Pato mostrou seu cartão de visitas e abriu o placar aos 4 minutos. Já aos 40, ainda do primeiro tempo, o atacante ampliou.

Com “cara” de Libertadores, o Danubio cometeu muitas faltas, porém ofereceu pouco perigo ao gol de Rogério Ceni. Até que Reinaldo, aos 24, e Jonathan Cafu, aos 43, deram números finais a partida. 4 a 0 para o Tricolor.

Após o jogo, Alexandre Pato exaltou a torcida do São Paulo:

– Tínhamos de ganhar depois do resultado ruim e conseguimos. Para sair do momento ruim, precisávamos do apoio do torcedor. Quando você ouve a torcida gritando se sente mais forte e corre até o fim. Isso nos ajudou.

Para Muricy Ramalho, derrota para o Corinthians ficou para trás:

– Não dá para esquecer o que aconteceu naquele dia, jogamos muito mal. Não ficamos arranjando desculpa. Num momento como esse, as pessoas se afastam e aí é preciso recuperar. Por isso que eles jogaram sábado e hoje já foram bem. O bom desse grupo é que ele tem caráter, só temos profissionais corretos. Só observar que não concentramos. Isso é prova que o elenco tem responsabilidade

O próximo compromisso do São Paulo é fora de casa, neste domingo, contra o Rio Claro, pelo Paulistão. Já na Libertadores, a próxima partida será dia 18 de março, contra o San Lorenzo, no Morumbi.

Ficha Técnica – São Paulo 4×0 Danubio-URU

São Paulo: Rogério Ceni; Bruno (Thiago Mendes), Rafael Toloi, Dória e Reinaldo; Denilson (Hudson), Souza, Ganso e Michel Bastos (Jonathan Cafu); Alexandre Pato e Luis Fabiano. Técnico: Muricy Ramalho.

Danubio: Franco Torgnascioli; Agustín Peña, Matías de los Santos (Velazquez), Fabricio Formiliano e Joaquin Pereyra; Renzo Pozzi, Hamilton Pereira, Ignacio González (Tabarez)e Leandro Sosa; Matías Castro e Bruno Fornaroli (Emiliano Ghan). Técnico: Leonardo Ramos.

Gols: Pato, 4′-1ºT; Pato, 40′-1ºT; Reinaldo, 24′-2ºT; Jonathan Cafu, 43′-2ºT.

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP).