Corinthians vence o São Paulo pela Libertadores da América

Muita ansiedade cercava o clássico entre Corinthians e São Paulo da última quarta-feira. Por quê? Seria o primeiro entre eles pela Copa Libertadores da América, o principal torneio do continente.

Logo no início da partida, Elias deu tranquilidade ao Corinthians ao marcar o 1 a 0, de primeira, após belo passe de Jadson. Já do lado tricolor, o que se viu foi uma certa afobação ao tentar sair com a bola. Mesmo com maior posse de bola, o São Paulo não conseguia ter tranquilidade no último passe.

E assim continuou o panorama do jogo no segundo tempo. Até que aos 23 minutos, um lance polêmico definiu a partida. O lateral Bruno do São Paulo foi derrubado por Emerson, mas o árbitro Ricardo Marques Ribeiro mandou o jogo seguir. No contra-ataque Sheik tocou para Jadson, que definiu a vitória ao Corinthians.

No final da partida, o meia são-paulino Paulo Henrique Ganso, declarou sua revolta com o árbitro:

“Aquilo não foi erro, foi roubo. Se fosse o Serginho Chulapa, ia lá e batia no árbitro. Mas hoje em dia não pode mais isso no futebol”, “O que ele fez foi palhaçada. Ele tinha que sair de camburão daqui”.

Já o meia Jadson, do Corinthians, exaltou o técnico Tite:

“Acho que todo clássico é especial. Foi meu primeiro contra o São Paulo. Estava motivado, nossa equipe trabalhou muito forte durante a semana. Nossa equipe está saindo bem nos contra-ataques, encaixada. Isso a gente tem de elogiar o Tite pelo trabalho dele”

 

Ficha Técnica – Corinthians 2×0 São Paulo

Corinthians: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Fábio Santos; Ralf; Jadson (Mendoza), Elias (Bruno Henrique), Renato Augusto e Emerson (Malcom); Danilo. Treinador: Tite.

São Paulo: Rogério Ceni; Bruno, Toloi, Dória e Michel Bastos; Denílson; Maicon (Thiago Mendes) e Souza; PH Ganso; Luís Fabiano e Alan Kardec (Reinaldo).  Treinador: Muricy Ramalho.

Gols: Elias, aos 11’/1ºT e Jadson, aos 23’/2ºT.

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP).