O Pelé já se encontrou com os Beatles? Confira um histórico depoimento do brasileiro

Hoje um dos maiores sites sobre os Beatles, o “Portal Beatles Brasil”, trouxe à tona uma velha história já questionada pelos fãs de música e de futebol.

Houve um histórico encontro entre Pelé e os Beatles?

Na matéria, o “Portal Beatles Brasil” apresentou um vídeo preparado por Edu Henning, da banda Big Beatles Brasil, no qual Pelé fala de maneira inédita sobre os Beatles.

Será que o “maior jogador de futebol de todos os tempos” encontrou a “maior banda de todos os tempos”?

Confira esse depoimento histórico de Pelé:

Abaixo, na íntegra, está a legenda disponível no vídeo:

Edu Henning – Club Big Beatles:

– Teve um ano aqui em Liverpool que nós trouxemos o depoimento do Pelé, o atleta do século. Ele disse do dia em que os Beatles quiseram conhecê-lo aqui na cidade de Liverpool em 1966. E também do momento em que John Lennon encontrou com ele lá em Nova York.
Esse depoimento você assiste agora!

Pelé:

– Alô meus amigos da Inglaterra!
Alô meus amigos de Liverpool!
Eu surpreendo vocês?
Hoje, estou aqui não para falar sobre futebol e nem para falar sobre a Copa do Mundo.
Estou aqui para falar sobre música.
Sabe, eu gosto de tocar violão, gosto decompor músicas brasileiras
Mas tenho uma história para contar para vocês, a minha história com os Beatles.
Coincidentemente eu tenho que dizer alguma coisa sobre futebol.
Eu tive uma oportunidade, em 1966, quando o Brasil estava em Liverpool.
Eu estava lá, conversando com muitas pessoas, jovens, sobre música, porque vocês sabem, minha performance no violão não é tão boa.
E aí eles disseram que tinha um grupo muito bom lá, chamado The Beatles.
Eles eram os melhores no momento, eles estavam apenas começando.
Aí eu disse: ok, vamos ver se a gente consegue encontrar os Beatles.
Então, naquela ocasião, a pessoa que estava em contato com os Beatles disse que iria trazê-los para tocar para os jogadores brasileiros na concentração em Liverpool.
Quando estava lá dentro, conversei com o chefe da delegação, Sr. Nascimento.
Ele me disse: “Você está louco, Pelé! Aqueles caras de cabelos compridos, aqueles caras não vão tocar aqui, porque os brasileiros precisam de paz. Nós queremos ficar longe de todas aquelas pessoas malucas”.
Por isso não podemos estar com os Beatles.
Esta é uma história.
Depois, mais tarde, como vocês sabem, os Beatles se tornaram o melhor e maior grupo do mundo.
Por volta de 75, 76, eu fui para o Cosmos, New York Cosmos.
E então, em frente ao New York Cosmos, em frente ao prédio da Warner Brothers, tinha uma escola de idiomas.
Eu estava lá para aprender inglês, pois meu inglês não era tão bom naquela época.
E adivinhem quem estava lá? Adivinhem?
John Lennon!
John estava lá, naquela época, começando a aprender japonês, porque ele estava muito envolvido com o povo japonês, com Yoko.
Então tivemos a oportunidade de nos encontrar, conversar um pouquinho sobre futebol, sobre música.
As pessoas não sabem disso, mas eu tenho uma razão para amar os Beatles.
E agora, representando o meu país, representando o Brasil: Clube Big Beatles.